pH do Sangue

câncer, problemas hormonais, envelhecimento prematuro entre outros, estão relacionados com o pH do corpo

Já sabemos que uma enorme quantidade de doenças e problemas físicos são ocasionados pela acidificação do sangue, e que obviamente está associado com a ingestão de alimentos acidificantes.

A dieta ocidental é extraordinariamente composta por alimentos formadores de ácidos no sangue (proteínas, cereais, açúcares), principalmente os “alimentos” Industrializados, estes são grandes aliados na degeneração da saúde e eficientes em tornar um organismo propício a doenças de todos os tipos. Como se não bastasse, somam-se a isso fatores de maus hábitos de vida e poluição, estresse. Tanto a falta de atividade física quanto a atividade física intensa também causam acidificação no sangue. Os alimentos geradores de alcalinidade como vegetais são consumidos em uma escala muito menor. É de extrema importância a ingestão de vegetais e frutas para equilibrar a necessidade do consumo de proteínas, que são geradores de ácidos.

O pH (potencial Hidrogeniônico), é um indicador de acidez ou alcalinidade de uma determinada solução, quanto maior o índice de pH, mais alcalino e mais rico em oxigênio é a solução, quanto menor for o pH, mais ácida, e, portanto, mais pobre de oxigênio é a solução. O pH varia de 0 a 14, onde, pH 7 seria um pH neutro, e, tudo abaixo de pH 7 seria ácido, e, tudo acima de pH 7 é considerado alcalino.

O pH do sangue varia entre (7,35 e 7,45), desta forma, um sangue com pH abaixo disso é um ambiente propício para doenças, entre elas a mais temida, o câncer, todos os tipos de câncer. O câncer só se desenvolve e vive em ambiente ácido.

O corpo possui uma pequena reserva de minerais alcalinos como sódio, potássio, magnésio e cálcio, contudo uma alimentação acídica, retira destas reservas estes minerais, ou seja, um sangue ácido, rouba estes minerais dos corpo, principalmente dos ossos para poder equilibrar o pH do sangue. É por esta razão que a médio e longo prazo bebidas como cerveja, refrigerantes, bebidas com conservantes (bebidas de caixinhas) são causadores de osteoporose, pois além de serem bebidas ácidas, são feitas com água filtrada por Osmose Reversa, destiladas e/ou purificadas.

Um pH ácido pode ocorrer devido a uma dieta acidificante, estresse emocional, sobrecarga de toxinas, e/ou reações do sistema imunológico ou qualquer processo que dificulte as células de absorver oxigênio ou outros nutrientes. O corpo tentará compensar o pH acídico usando minerais alcalinos. Se a dieta não contiver minerais suficientes para compensar, ocorrerá uma acidificação celular.

Resumindo, quando o pH sanguíneo fica abaixo do normal, o organismo está propenso a todos os tipos de doenças do coração, fadiga crônica, alergias além de doenças causadas por vírus, bactérias e fungos. Uma maneira de manter o pH saudável é evitar alimentos com pH baixo, como café (em torno de 4,0), refrigerante (em torno de 2,0), cerveja (varia de 2,5 a 4,2 dependendo da marca). O consumo grande de açúcar produz pH ácido.

A água considerada adequada para consumo, boa para a saúde, tem de ter um pH entre 7,0 e 7,5. Um pH levemente alcalino do sangue aumenta a oxigenação das células e a imunidade, uma vez que, vírus e bactérias precisam de um meio ácido para sobreviver. Assim como o fogo precisa de oxigênio para existir, os vírus e bactérias necessitam de um meio ácido para se manterem vivos.

ALIMENTOS FORMADORES DE ÁCIDOS NO SANGUE

Espargos, cevada, feijão (seco), carne, pão, trigo, manteiga, castanhas de caju, cereais, queijo, castanhas, frango, chocolate, moluscos, óleo de fígado de bacalhau, queijo curado, Farinha de milho, caroço de algodão, ervilha, caranguejo, nata, ovos, farinha branca, avelãs, nozes de nogueira, mel, carne de cordeiro, lentilhas, lagosta, cavala, Macarrão, xarope, margarina, mariscos, cogumelos, aveia, massas, amendoim, ervilhas, nozes, romã, carne de porco, ameixa, marmelo, arroz, nabos, centeio, chucrute, salmão, esparguete, açúcar, xaropes, tapioca, peru, nozes, trigo, gérmen de trigo.

ALIMENTOS QUE AUMENTAM A ALCALINIDADE NO SANGUE

Ágar-ágar, couve, amêndoas, maçãs, alcachofra, banana, beterraba, folhas de beterraba, amoras, brócolos, couve de Bruxelas, bardana, repolho, melão, alfarrobas, cenoura, couve-flor, aipo, acelga, cerejas, cebolinha, coco, pepinos, figo (seco), linhaça, alho, uvas, toranja, (doce), goiaba, alga marinha, repolho, alho-porro, limões, alface, limas, framboesas, manga, melão, milho, menta, melaço, amoras, melões, mostarda, nectarinas, quiabo, azeitonas, azeite, cebola, laranja, mamão, salsa, maracujá, pêssego, pêra, caqui, abacaxi, ameixa, abóbora, rabanete, uva, framboesa, ruibarbo, alface, soja, espinafre, abóbora, morangos, tangerina, nabos, óleos vegetais, agrião, melancia.

ALGUNS PROBLEMAS CAUSADOS PELA ACIDOSE NO SANGUE

• Dano cardiovascular, ganho de peso, obesidade e diabetes.
• Problemas da bexiga.
• Pedras nos rins. 
• Deficiência imunológica.
• Aceleração do dano por radicais livres.
• Problemas hormonais.
• Envelhecimento prematuro.
• Osteoporose e dor nas juntas. 
• Dores musculares e aumento do ácido lático. 
• Baixa energia e fadiga crônica. digestão e eliminação lentas.
• Aumento de fermentações e fungos.
• Falta de energia, fadiga.
• Baixa temperatura corporal.
• Tendência a contrair infecções.
• Perda de iniciativa, prazer, e entusiasmo.
• Tendências depressivas
• Exaustão rápida.
• Compleição pálida.
• Dores de cabeça.
• Inflamação da córnea e pálpebras.
• Amolecimento e dor nos dentes.
• Gengivas sensíveis, inflamadas.
• Úlceras estomacais e da boca.
• Fissuras no canto dos lábios.
• Excesso de ácidos no estômago.
• Gastrite.
• Unhas finas e quebradiças.
• Cabelos secos, quebradiços e queda.
• Pele seca.
• Irritação da pele.
• Câimbras nas pernas.

CURIOSIDADE

Os rins são órgãos que filtram o sangue, são responsáveis pela eliminação de toxinas, e de substancias que estejam em excesso no organismo. Os rins filtram 190 litros de sangue a cada 24 horas, ele limpa todo sangue mais de 40 vezes por dia. Uma insuficiencia renal ocorre quando os rins ficam doentes, e desta forma todo seu funcionamento ficam comprometidos.

Portanto, cuide bem dos seus rins, evitando ingerir o mínimo de alimentos inadequados. Quanto menos uma maquina trabalha, se desgasta, mais tempo operando ela permanece, quanto menos desgastarmos nossos orgãos, que são as maquinas do nosso corpo, conseguiremos viver mais e bem.

 

Tópicos relacionados

Bioquímica do Sangue - Alimentação Acida e Alcalina
Verificando o pH do sangue