Alcalinizando a água

aprenda a melhorar as propriedades físico-química da água e ganhe mais saúde e disposição

Agora que já sabemos que a água é um NUTRIENTE, e que, a ideia de que água é tudo igual está mais que errada, e que a água pode facilitar uma pessoa a engordar mais, veremos como tornar a água que você bem mais alcalina, ionizada, com uma melhor condutibilidade e com uma menor tensão superficial.

É muito simples se melhorar a qualidade da água em sua própria casa, tornando-a mais adequada para promoção de saúde, hidratação, eliminando toxinas do corpo. Veremos a seguir como tornar a sua água alcalina (pH acima do sangue) e ionizada, para isso precisaremos de alguns ingredientes e materiais:

1. Bicarbonato de Sódio PA
2. Cloreto de Magnésio PA
3. Sal Marinho Integral (não refinado) ou Sal Rosa do Himalaia ou a Flor de Sal

Não compre o bicarbonato de sódio em lojas de produtos naturais, geralmente o bicarbonato de sódio vendido não é puro, vem misturado com outras substâncias, sendo próprios para receitas apenas. Procure comprar na farmácia ou em farmácias de manipulação. PA significa para análise. Não se prenda a marca, existe um fabricante que o nome do produto chama-se Cloreto de Magnésio PA, as vezes muita gente deixa de comprar na farmácia o cloreto de magnésio porque na embalagem não consta a palavra PA, PA quer dizer apenas (Para Análise), olhe se na composição consta 100% da substância cloreto de magnésio ou bicarbonato de sódio.

Cuidado extremo com o sal, a maioria do sal que é vendido, é o refinado, é na verdade NaCl (cloreto de sódio), isso não é sal, é veneno, o sal possui mais de 80 minerais, quando passa pelo processo de refinamento ficam apenas dois, o cloro e o sódio, isso é lixo, é veneno, faz aumentar sua pressão arterial, sem falar pelo processo de refinamento são adicionados solventes ao sal, piorando ainda mais. Alguns fabricantes ainda põem no rótulo Sal Marinho Refinado, se foi refinado, não use. Procure pelo SAL MARINHO INTEGRAL NÃO REFINADO, ou compre o Sal Rosa do Himalaia que é extraído de minas de sal do Paquistão, ou a flor de sal.

Outro cuidado, não armazene a sua água alcalina em recipientes plásticos, pois haverá a liberação do Bisfenol A, ou BPA. A menos que, o recipiente plástico seja livre de BPA, a grande maioria das garrafas plásticas contém o Bisfenol A, então faça em uma jarra ou recipiente de vidro.

Para fazermos 20 litros de água iremos precisar de:

20 litros (preferencialmente filtrada), mas pode ser ainda de poço (desde que feita a análise da água por órgão competente), ou ainda água mineral de boa qualidade.
* 10 gramas de Bicarbonato de Sódio PA
10 gramas de Cloreto de Magnésio PA
10 gramas de Sal Rosa do Himalaia ou Sal Marinho Integral NÃO REFINADO) ou Flor de Sal

* Não é recomendado o uso conatante do bicarbonato de sódio, pois este poderá vir a prejudicar o pH do intestino.  

As pesagens podem ser feitas com uma balança de precisão ou com colheres de medidas facilmente encontradas em qualquer loja de utensílios para cozinha.

Para facilitar, eu sugiro que em um recipiente menor, de por exemplo 500 ml, sejam adicionados os ingrediente a água misturasse bem a fim de diluir os ingredientes e tendo assim uma solução homogênea. Após isso, adicionamos essa solução no seu recipiente adicionamos o restante com água filtrada, mexemos um pouco e pronto. Agora você tem uma água ionizada e alcalina. Você mesmo pode comprovar medindo o pH através de uma fita de indicador de pH, ou papel tornassol, ou ainda soluções reagentes que são vendidos em lojas de aquário, são baratos. Aproveite e verifique o pH da água de sua torneira, e compare depois com a mesma água da torneira sendo filtrada por um filtro de barro ou filtro de pressão, e ainda compare com a água que você acabou de preparar, o pH chegará a 9 e a depender até 10.

Caso seja complicado conseguir um recipiente de vidro de 20 litros, basta diminuir a proporção, com uma simples regra de três, ex:

2 litros de água (1 grama do bicarbonato de sódio, cloreto de magnésio e sal)
3 litros (1,5 gramas)
4 litros (2 gramas)
assim por diante

Caso não tenha como pesar, não se preocupe, pode tomar como base uma colher rasa de café de cada um dos ingredientes para cada 2 a 3 litros de água, quanto mais diluída menos alcalina ficara, mas mesmo assim trará benefícios.

Para facilitar, foi disponibilizado uma planilha onde poderá ser baixada, basta informar a quantidade em litros que se deseja fazer, que automaticamente será informado o peso em gramas necessário.

Link para download:
https://drive.google.com/file/d/0BzqoucyfYOUmaXBVM0hyUWxvSGc/view?pli=1

Observação, após o download por padrão o arquivo fica bloqueado por questões de segurança, para desbloquear e abrir normalmente, vá até o local onde salvou o arquivo, clique com o botão direito sobre ele e escolha a opção propriedades. Na janela de propriedades clique em Desbloquear, e depois clique em ok.

Faça uma experiência, comece a fazer uso de uma água alcalina e ionizada, faça por 15 dias, só consumindo esse tipo de água, você notará uma melhora muito grande na saúde, mais disposição, diminuição da fadiga entre outros. Quem é atleta, comece a usar essa água e notará que as caibras irão desaparecer.

É preciso estar atento, existem muitas empresas se aproveitando de toda essa situação dos benefícios da água alcalina, e com isso lesando o bolso do consumidor. Filtros com promessas de tornar sua água alcalina, sendo cobrados valores muito elevados, sem necessidade alguma. Sendo que este processo de alcalinização você consegue realizar em sua própria casa, e ainda deixando a água ionizada.

É mais interessante adquirir, ou um filtro de barro, e colocando uma vela de filtragem com dupla ou tripla ação, ou então instalando um filtro de pressão. O mais importante é ter um filtro que elimine o cloro da água. Após isso, é muito interessante para saúde do corpo alcalinizar e ionizar a água, e isso agora você já sabe como fazer aí mesmo em sua cozinha.

IMPORTANTE

A maioria das águas encontradas no mercado são ácidas, no rótulo é obrigatório constar a informação do pH da água. Mas saiba que aquele pH informado, é o pH da água na fonte, depois que ela é envasada, transportada... ela vai ficando mais ácida, algumas já são ácidas já na fonte. É preciso ficar atento.

As águas engarrafadas, as conhecidas águas minerais, precisa ter atenção, verifique a origem da água, quanto mais longe for, pior, pois a água vem em caminhões e o calor no baú ou exposição ao sol, faz com que o plástico libere xenoestrógeno, contaminando assim a água, contribuindo para ganho de peso e problemas de saúde relacionados ao xenoestrógeno.