Os venenosos Óleos vegetais

estamos sendo envenenados com o excesso de omega 6 e estamos em processo de inflamação

O Dr. Paul White, foi chefe de cardiologia, de um dos hospitais mais acadêmicos de Harvard, também presidente da Sociedade Internacional de Cardiologia entre 1954 até 1958. Ele havia viajado para a Europa, foi estudar na Holanda para fazer a pós graduação, lá conheceu o Dr. Willem Einthoven, que foi o homem que inventou o eletrocardiografo. O Dr. Paul White comprou um eletrocardiografo e levou para Boston pra fazer eletrocardiograma.

O Dr. Paul White procurou durante sete anos algum paciente com infarto, e não encontrou nenhum, até 1925 não existia doença cardiaca nos Estados Unidos. Em 1911 foi lançado no mercado os óleos vegetais, e em 1927, pouco mais de 10 anos depois começaram a surgir os infartos nos Estados Unidos. E se pararmos pra pensar bem, qual a maior causa de morte até hoje? Infarto do Miocardio, por uma razão simples, pelo óleo que é usado para cozinhar, estes óleos são ricos em omega 6, as pessoas estão sendo intoxicadas com os omega 6.

Se observarmos bem, nossos avós utilizavam óleos de origem animal, e não possuíam problema cardíaco. Alguém convenceu a população de que óleo animal fazia mal e que a melhor opção seriam os óleos vegetais. Como já dito no tópico (doenças, um excelente negócio), existem interesses por trás disso tudo.

Existem inúmeros óleos vegetais, alguns deles são óleo de soja, óleo de milho, óleo de girassol, óleo de amendoim, entre outros, e existe ainda o pior deles, e um dos mais caros também, o óleo de canola. Veja como a mídia, o marketing convence as pessoas a fazer uso de produtos tóxicos, que ao longo do tempo lhe causam doenças, você já ouviu ou conhece alguma planta chamada CANOLA?

Não, esta planta não existe, o correto seria Óleo CANOLA, e não ÓLEO DE CANOLA, esta preposição "de" é a fraude, não existe esta planta.

CAN.O.L.A, significa Canadian Oil Low Acid (CAN = CANADIAN, O = OIL, L = LOW, A = ACID). No Canada, existe uma planta chamada COLZA que possui alta concentração de ácido erúcico, que mata, as animais que comem essa planta, a COUZA, morrem de miocardiopatia. Como no Canada esta planta é epidêmica, o que eles fizeram, trans geneticamente modificaram esta planta pra diminuir a concentração de ácido erúcico, que mata. A após isso, como a concentração de ácido erúcico era menor, eles liberaram para consumo, ou seja, diminuiu a concentração do veneno. Você conhece bem o ditado "água mole em pedra dura, tanto bate até que fura", então as pessoas fazem uso, e chega um momento que o corpo não aguenta mais e acabada se manifestando de maneira danosa. E é um dos óleos mais caros que existem nas prateleiras dos supermercados, as pessoas compram o veneno acreditando que estão fazendo um excelente negócio.

Além desse problema do ácido erúcico, o óleo canola (aprenda, não é óleo DE canola, é óleo CANOLA apenas), e os demais óleos eles sofrem uma hidrogenação parcial, ou seja eles se transformam em TRANS, se não for feito essa hidrogenação parcial todo óleo estraga em até 10 dias.

Quando juntamos uma informação com a outra ai começa a ficar fácil entender o porquê de tantas pessoas estarem doentes. E o pior, muitas pessoas ainda reutilizam estes óleos, principalmente quem faz frituras nas ruas, o óleo vegetal na primeira fritura já causa danos a saúde, imagine reutilizá-lo, quanto mais se reutiliza, mais TRANS ele fica, mais tóxico ele se transforma. Mais uma vez, observamos onde de fato está a causa das doenças, é exatamente naquilo que ingerimos.

Existem algumas opções para se cozinhar e contornar todo esse problema:

- Ghee: Pronuncia-se (gui), também conhecida como manteira purificada, ou manteiga clarificada. Esta é uma contribuição da medicina ayurvédica, muito utilizado na Índia. Para conhecer sobre o Ghee acesse aqui

- Óleo de coco: Preferencialmente extra virgem, esse óleo não sofre hidrogenação parcial. O problema é o seu preço, como suas propriedades são comprovadas, infelizmente o preço sobe.

- Azeite de Oliva: Esta seria uma segunda opção, mas lembre-se, é possível apenas utilizar o azeite de oliva para cozinhar, jamais utilize o azeite de oliva para frituras, pois ao aquecer em elevadas temperaturas (na fritura), o azeite de oliva fica toxico e ao invés de beneficiar, vai prejudicar.

- Banha de porco: Pois é, pode não parecer, mas o que nossos avós utilizavam é muito melhor do que os óleos vegetais existentes no mercado. Claro, as banhas de hoje não tem a mesma qualidade das banhas da época dos nossos avós, por esta razão, seria aconselhado usar de forma moderada.

Nem toda gordura saturada é prejudicial, no tópico sobre o Gorduras Saturadas isso é comentado, mas resumidamente, as gorduras saturadas dividem-se em em gorduras saturadas de cadeia longa, cadeia média e cadeia longa. As que são prejudiciais são as gorduras saturadas de cadeia longa, as gorduras saturadas de cadeia média e de cadeia curta são benéficas, são "remédios".